Cultura Marítima versus Importância do Mar para Portugal

Cultura Marítima versus Importância do Mar para Portugal {algumas notas pessoais e breves dum “jovem” confrade marítimo}  31/10/2022 Sumário A “cultura marítima”, num contexto amplo, poderá ser aferida numa relação biunívoca com a “importância que o Mar tem para o País”, dado que a exiguidade da primeira poderá explicar um certo desconhecimento inconsequente da segunda e em sentido inverso, o materializar proveitoso dessa “importância” acarreta in fine a um maior aumento “cultural” e generalizado. A evitar sem dúvida, será o continuar duma situação rotulada de certa impotência, num país-nação desde o século XII, em poder beneficiar em pleno século XXI, de todas as vantagens resultantes das excelentes condições socio-geográficas intrínsecas marítimas e que tão poderosamente foram impulsionadas no século XV.   Introdução Muito, quase arriscaria dizer demasiadamente, tem sido escrito por doutos autores especializados nas diferentes matérias e especialidades que cobrem, diria este “jovem humilde confrade marítimo”, toda a problemática ligada aos 2 temas colocados em título. De um modo geral, ressalta que a maioria dos textos terminem sempre em perspectivas optimistas e de que os objectivos por alcançar, serão um dia atingidos. Nada de mal nisso et au passage fazendo bem ao “ego marítimo” de certa forma. Agora se até há pouco tempo, estas perspectivas eram encaradas com alguma displicência, “fazendo esquecer” a falta de alcance dos objectivos pretendidos, na actual fase de evolução das sociedades e respectivos mercados, quaisquer atrasos na realização desses mesmos objectivos, terá impactos maiores com perda fatal de oportunidades para outros concorrentes, concorrentes esses com potencial marítimo equivalente ao português. O tempo urge, pelo que os nossos actores mais relevantes na “coisa marítima” terão, de uma vez por todas, sair de zonas de conforto ou em poucas palavras: “sair do embarcadouro em dead slow, certo, mas, passadas as últimas bóias de enfiamento, navegar para … Continue reading “Cultura Marítima versus Importância do Mar para Portugal”

Barra de Aveiro (imagem Joao Goncalves)
Há Mar Portugal

Há Mar Portugal 08/03/2022 O tema do Mar é sempre apaixonante. Os Descobrimentos, datam de 1500. Há que honrar o LER MAIS

Terminal comercial e barcos de pesca local, convivem na Trafaria, perto da foz do Tejo (imagem João Gonçalves)
Portugal, a Economia, o Mar e o Futuro

Portugal, a Economia, o Mar e o Futuro 01/12/2021 A realidade atual da Economia Portuguesa Nas últimas décadas e, sobretudo, LER MAIS

Para uma história cultural das pescas

Para uma história cultural das pescas 01/01/2022 Os geógrafos que mais se interessaram pela vida marítima e pelas formas de LER MAIS

A Pirataria Marítima continua a flagelar a região do Golfo da Guiné

A Pirataria Marítima continua a flagelar a região do Golfo da Guiné 01/12/2021 A pirataria marítima continua a assolar a LER MAIS

De Mar a Pior

De Mar a Pior 31/10/2021 Não deixa de ser frustrante perceber e constatar que, quando finalmente se antevia um rumo, LER MAIS

Cold ironing no porto de San Diego (imagem Cody Hooven)
Da importância do COLD IRONING na poluição marítima

Da importância do COLD IRONING na poluição marítima 30-07-2021 As emissões poluentes dos grandes navios e a importância do ”Cold LER MAIS

Um país marítimo que não aproveita o mar

Um país marítimo que não aproveita o mar 30/04/2021 O mar é vital para os seres humanos e para o LER MAIS

IX Seminário “Desafios do Mar Português”

Desde 2012, as várias edições do Seminário ‘Desafios do Mar Português’ têm vindo a afirmar-se no panorama da cultura marítima como eventos de referência, trazendo para a esfera pública as problemáticas em torno da relação de Portugal com o Mar. A 9.ª edição terá como tema as “Alterações Climáticas e o Futuro dos Oceanos” e está agendada para o dia 24 de outubro, por ocasião do 19.º Aniversário da Ampliação e Remodelação do Museu Marítimo de Ílhavo. Serão parceiros deste evento o Centro de Estudos do Ambiente e do Mar (CESAM), da Universidade de Aveiro, o Centro de Ciências do Mar e do Ambiente (MARE), o Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental (CIIMAR) e o Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX (CEIS20). Este ano, devido às condicionantes impostas pelas normas de combate à Pandemia Covid-19, o Seminário será dividido em três sessões de forma a salvaguardar o distanciamento social. Deste modo, a inscrição será efetuada por sessões conforme indicado no programa do evento em anexo. INSCRIÇÕES GRATUITAS Envie e-mail para ciemar.mmi@cm-ilhavo.pt com os seguintes dados: Nome, profissão, instituição, contactos e sessões em que pretende participar. Limite de 60 pessoas por sessão Inscrições até 22 de outubro de 2020 Clique aqui para ver Cartaz Programa:

Economia do Mar chegou perto dos 100 M€ de investimento em Inovação & Desenvolvimento em 2018

No dia 8 de julho, terá lugar mais uma sessão do “Ciclo de Eventos – Dinâmicas para a Inovação” em formato virtual As tecnologias avançadas aplicadas ao mar estarão em debate em mais uma sessão do “Ciclo de Eventos – Dinâmicas para a Inovação”, agora em formato virtual. Esta sessão, organizada pela Agência Nacional de Inovação (ANI), e que conta com o apoio do Fórum Oceano – Associação da Economia do Mar, estimulará um debate sobre o setor, cuja despesa em I&D aumentou 9,8% em 2018 face ao ano anterior. O evento inicia-se às 10h00 e abre com uma mesa redonda, cujos oradores serão João Sousa, da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto; Manuela Pintado, da Universidade Católica Portuguesa; e António Gaspar, do Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência. Seguem-se as conclusões e o debate. A segunda metade da manhã incluirá um pitch com a apresentação de tendências e de tecnologias disruptivas nesta área. A iniciativa integra o “Ciclo de Eventos – Dinâmicas para a Inovação”, promovido no âmbito do projeto Iniciativa de Transferência de Conhecimento, cofinanciada pelo COMPETE 2020 através do Portugal 2020 e do FEDER. Nas próximas semanas, a ANI dará sequência ao conjunto de iniciativas sobre a Valorização do Conhecimento, subordinado a áreas e setores estratégicos no âmbito da Estratégia Nacional para a Especialização Inteligente, sempre online. A participação será gratuita, mas de registo obrigatório através desta página. Entre 2014 e 2018 as entidades nacionais investiram 433,6 milhões de euros em projetos enquadrados na área temática “Economia do Mar”, que se integra no eixo “Recursos naturais e ambiente”, um dos cinco identificados pela Estratégia Nacional de Investigação e Inovação para uma Especialização Inteligente (2014-2020). Investimento em I&D no setor cresceu em média 10,5% ao ano desde 2014 De acordo com o relatório “Despesa Nacional em … Continue reading “Economia do Mar chegou perto dos 100 M€ de investimento em Inovação & Desenvolvimento em 2018”