Confrade Professor Doutor Vítor Vasconcelos é Prémio de Excelência Científica da Universidade do Porto

Confrade Professor Doutor Vítor Vasconcelos é Prémio de Excelência Científica da Universidade do Porto Foi com grande satisfação que a Confraria Marítima de Portugal – Liga Naval Portuguesa tomou conhecimento de ter sido atribuído o Prémio de Excelência Científica da Universidade do Porto 2021, ao nosso distinto confrade Professor Doutor Vítor Manuel de Oliveira e Vasconcelos. O prémio visa reconhecer os docentes e cientistas da instituição que se destacam no domínio da investigação científica. O Prof. Dr. Vítor Vasconcelos, Doutorado em Biologia pela Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, é nela Professor Catedrático. É também Diretor do Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental (CIIMAR) e Diretor do Grupo de Biotecnologia e Ecotoxicologia Azul (laboratório LEGE). O premiado vê a atribuição muito relacionada com a sua ligação de 35 anos à Universidade do Porto, onde começou como estudante, percorrendo um caminho de excelência nas áreas da investigação e do ensino, mas também nas áreas da transferência de tecnologia e divulgação científica. Orientou 65 alunos de mestrado e 25 alunos de doutorando. O seu principal foco de pesquisa é em metabolitos secundários de cianobactérias e seus usos, toxinas e moléculas com aplicações biotecnológicas. Também é responsável pela coleção de Blue Biotechnology and Ecotoxicology Culture (LEGE), composta por mais de 1200 estirpes de cianobactérias e microalgas. Publicou 400 artigos em Toxicologia e Biotecnologia e participou em mais de 40 projetos, sendo atualmente coordenador de três projetos (um nacional e dois H2020). Escrevendo em nome da Direção da Confraria Marítima – Liga Naval Portuguesa, o seu presidente, Contra-almirante António Bossa Dionísio, declarou “felicitamos o Professor Dr. Vítor Vasconcelos pela atribuição deste prémio e sentimo-nos ainda mais honrados por o ter como Confrade.” Relembrou também que “tivemos a oportunidade de o conhecer numa muito apreciada visita da Confraria Marítima de Portugal ao Terminal de Cruzeiros … Continue reading “Confrade Professor Doutor Vítor Vasconcelos é Prémio de Excelência Científica da Universidade do Porto”

Confrade João Cortez de Lobão é notícia no programa Exame Informática
João Cortez de Lobão

Confrade João Cortez de Lobão é notícia no programa Exame Informática O programa (SIC Notícias) Exame Informática, foi  até à LER ARTIGO

Portugal e o Mar
Barra do Porto da Ilha de Porto Santo (imagem João Gonçalves)

Portugal e o Mar Metade da fronteira portuguesa é marítima, num contexto em que o Mar ocupa cerca de 71% LER ARTIGO

Aniversário dos 450 anos da Batalha de Lepanto evocado pela Confradía Europea de la Vela
Pormenor do quadro A batalha de Lepanto, autor desconhecido 159 (National Maritime Museum, Greenwich)

Aniversário dos 450 anos da Batalha de Lepanto evocado pela Confradía Europea de la Vela A conferência online, reuniu quase LER ARTIGO

Cadetes do Mar de Portugal

Cadetes do Mar de Portugal Todos estamos a viver em Portugal um momento decisivo da nossa História de quase 900 LER ARTIGO

Rogério Silva Duarte Geral d’Oliveira (1921-2021)
CAlm ECN Rogério D'Oliveira (óleo s tela de Mário Alvarenga Rua)

Rogério Silva Duarte Geral d’Oliveira (1921-2021) É com profundo pesar que se dá a conhecer o falecimento ocorrido em 7 LER ARTIGO

O Projeto de Extensão da Plataforma Continental de Portugal
NRP GAGO COUTINHO

O Projeto de Extensão da Plataforma Continental de Portugal Para quem segue com alguma regularidade as notícias e desenvolvimentos ligados LER ARTIGO

CAlm ECN Rogério D'Oliveira (óleo s tela de Mário Alvarenga Rua)

Rogério Silva Duarte Geral d’Oliveira (1921-2021)

Rogério Silva Duarte Geral d’Oliveira (1921-2021) É com profundo pesar que se dá a conhecer o falecimento ocorrido em 7 de janeiro de 2021, do Almirante Rogério Silva Duarte Geral d’Oliveira, com 99 anos de idade, ilustre Confrade Honorário da Confraria Marítima de Portugal – Liga Naval Portuguesa, à qual pertencia desde 23 de novembro de 2013. O Almirante Rogério d’Oliveira tirou o curso de engenheiro construtor naval e foi professor da Escola Naval. Como engenheiro construtor naval, na década de 1960, o Almirante Rogério d’Oliveira foi o responsável pelo projeto das corvetas classes João Coutinho e Baptista de Andrade. O projeto destes navios foi considerado notável, servindo de base a vários projetos internacionais. Outro conhecido projeto foi do paquete Funchal, construído em 1961. Foi consultor no processo de compra pelo Estado Português dos submarinos classe Tridente. O Almirante Rogério d’Oliveira também se notabilizou como quarto presidente da Academia de Marinha, exercendo esse cargo entre 1985 e 2004. A  Confraria Marítima de Portugal – Liga Naval Portuguesa está de luto. Que descanse em paz. António Bossa Dionísio Presidente da Direção   Leia também: Portugal e o Mar Portugal e o Mar Metade da fronteira portuguesa é marítima, num contexto em que o Mar ocupa cerca de 71% LER ARTIGO Aniversário dos 450 anos da Batalha de Lepanto evocado pela Confradía Europea de la Vela Aniversário dos 450 anos da Batalha de Lepanto evocado pela Confradía Europea de la Vela A conferência online, reuniu quase LER ARTIGO Cadetes do Mar de Portugal Cadetes do Mar de Portugal Todos estamos a viver em Portugal um momento decisivo da nossa História de quase 900 LER ARTIGO O Projeto de Extensão da Plataforma Continental de Portugal O Projeto de Extensão da Plataforma Continental de Portugal Para quem segue com alguma regularidade as notícias e … Continue reading “Rogério Silva Duarte Geral d’Oliveira (1921-2021)”

Portugal e o Mar
Barra do Porto da Ilha de Porto Santo (imagem João Gonçalves)

Portugal e o Mar Metade da fronteira portuguesa é marítima, num contexto em que o Mar ocupa cerca de 71% LER ARTIGO

Aniversário dos 450 anos da Batalha de Lepanto evocado pela Confradía Europea de la Vela
Pormenor do quadro A batalha de Lepanto, autor desconhecido 159 (National Maritime Museum, Greenwich)

Aniversário dos 450 anos da Batalha de Lepanto evocado pela Confradía Europea de la Vela A conferência online, reuniu quase LER ARTIGO

Cadetes do Mar de Portugal

Cadetes do Mar de Portugal Todos estamos a viver em Portugal um momento decisivo da nossa História de quase 900 LER ARTIGO

O Projeto de Extensão da Plataforma Continental de Portugal
NRP GAGO COUTINHO

O Projeto de Extensão da Plataforma Continental de Portugal Para quem segue com alguma regularidade as notícias e desenvolvimentos ligados LER ARTIGO

Recordando o 54º Encontro (16 de novembro de 2018)
54 encontro

Recordando o 54º Encontro (16 de novembro de 2018) A Confraria Marítima de Portugal realizou o seu 54º Encontro no LER ARTIGO

Henrique Portela Guedes é o novo Adido de Defesa em Berlim
Cmdt Portela Guedes, devidamente uniformizado com os alamares indicativos das funções de adido militar. (imagem EMGFA)

Henrique Portela Guedes é o novo Adido de Defesa em Berlim O nosso confrade Henrique Peyroteo Portela Guedes, está desde LER ARTIGO

Cmdt Portela Guedes, devidamente uniformizado com os alamares indicativos das funções de adido militar. (imagem EMGFA)

Henrique Portela Guedes é o novo Adido de Defesa em Berlim

Henrique Portela Guedes é o novo Adido de Defesa em Berlim O nosso confrade Henrique Peyroteo Portela Guedes, está desde o passado dia 21 de novembro, colocado em Berlim, exercendo as importantes funções de Adido de Defesa junto da Embaixada de Portugal na Alemanha. Os Adidos de Defesa Portugueses são Oficiais das Forças Armadas, de elevada patente, acreditados nos países anfitriões, que integram a missão diplomática em que servem e têm estatuto diplomático, condição que lhes confere imunidade diplomática, de acordo com o estabelecido na Convenção de Viena de 1961. Desempenham as suas funções na dependência hierárquica do Chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas e na dependência funcional da Direção-Geral de Política de Defesa Nacional, atuando, no local, sob orientação política e geral do Embaixador. Portugal atualmente conta com 14 Adidos de Defesa, acumulando alguns deles acreditações nos países vizinhos do país onde residem, como é o caso do nosso confrade, que acumula funções na Noruega, Polónia e Suécia. Tem como funções principais representar Portugal e as Forças Armadas e manter contactos com as instituições militares do país anfitrião visando a troca de informações e a cooperação militar entre os dois estados. Cumpre-lhe igualmente apoiar o Embaixador em questões da Defesa e de natureza militar, informar o Governo sobre eventual evolução na área da política militar e de segurança do país anfitrião e mediar contactos com a indústria de armamento. Com o fim da Guerra Fria, as alterações verificadas no contexto internacional de segurança e defesa contribuíram para o alargamento das funções dos Adidos de Defesa, que em alguns casos passaram a desenvolver ações na área da segurança, no apoio a países em vias de democratização, a colaborar em operações de apoio à paz e de gestão civil de crises, bem como na compilação de informações de controlo do … Continue reading “Henrique Portela Guedes é o novo Adido de Defesa em Berlim”

A Confraria Marítima de Portugal tem nova sede na ex-Fábrica Nacional de Cordoaria

Na sequência da decisão tomada na última Assembleia Geral, a direção Confraria Marítima de Portugal (CMP) firmou um protocolo de LER ARTIGO

“O Futuro de Portugal está no Mar” – 120 anos da Liga Naval Portuguesa

Na viragem do séc. XIX para o séc. XX viviam-se os anos da “paz armada” que conduziu a uma guerra LER ARTIGO

Recordando o passeio no Barco Évora no dia 10 de junho de 2019

Conforme em tempo amplamente divulgado pela Direcção, a Confraria Marítima de Portugal realizou no passado dia 10 de Junho, Dia LER ARTIGO

Cristóvão Santos recebe o prémio Confraria Marítima 2020
Cristóvão Santos na ponte do WORLD EXPLORER, durante uma escala no porto de Catania, ilha Sicília

Cristóvão Santos recebe o prémio Confraria Marítima 2020 Na ENIDH, a Confraria Marítima premiou o melhor aluno do curso de LER ARTIGO

Comandante Cristina Alves distinguida pela ALUMNI da Escola Náutica
Cristina Alves recebendo o prémio das mãos do Ministro do Mar

Comandante Cristina Alves distinguida pela ALUMNI da Escola Náutica A nossa confreira Cristina Alves foi distinguida com o prémio CARREIRA LER ARTIGO

O Mar
MSC MAGNIFICA no terminal de passageiros do Porto de Leixões (imagem APDL)

O Mar O mar como opção estratégica. Como opção estratégica porque o mar foi o nosso passado, mas é também LER ARTIGO

Cristina Alves recebendo o prémio das mãos do Ministro do Mar

Comandante Cristina Alves distinguida pela ALUMNI da Escola Náutica

Comandante Cristina Alves distinguida pela ALUMNI da Escola Náutica A nossa confreira Cristina Alves foi distinguida com o prémio CARREIRA da Associação Alumni da Escola Náutica Infante D. Henrique (ENIDH). Foi no passado dia 14 de outubro, durante a sessão solene de abertura do novo ano letivo da ENIDH, perante uma distinta audiência, numa cerimónia que contou com a presença, entre outras entidades, do Ministro do Mar, Prof. Dr. Ricardo Serrão Santos, Confrade da Confraria Marítima de Portugal – Liga Naval Portuguesa, e do Presidente da Câmara Municipal de Oeiras, Dr. Isaltino Morais, no auditório situado neste estabelecimento de ensino superior, que a Associação Alumni entregou os prémios CARREIRA e  PADRÃO DOS DESCOBRIMENTOS deste ano, sendo distinguidos respectivamente, Cristina Alves, Comandante da Marinha Mercante e Mário Ferreira, Armador das empresas Douro Azul e Mystic Cruises. O prémio CARREIRA da Alumni, teve o seu regulamento aprovado em 14 de fevereiro de 2019, sendo atribuído por um júri constituído pelos Alumni, pelo presidente da ENIDH e uma personalidade externa que preside, neste caso o Dr. Luís Palha da Silva.   Maria Cristina Farelo V. Alves licenciou-se em 1978 simultaneamente em Arquitetura e no Curso Geral de Pilotagem da ENIDH. Em 1985, em paralelo com extenso tempo de vida no mar, concluiu o curso complementar de pilotagem, que posteriormente complementou com duas pós-graduações em Chartering e Shipping na Cambridge Academy of Transport, em 1990 e 1991 respectivamente. Entre 1977 e 1987 evidenciou a sua excelência profissional embarcando sucessivamente em navios da CTM, CNN e Portline, tendo em 1992 iniciado uma carreira ascensional na Portline , primeiro como comandante e mais tarde como CEO da Portline Bulking International.   A Comandante Cristina Alves, no seu discurso de agradecimento, aproveitou para se dirigir aos atuais alunos da ENIDH, defendendo a meritocracia, apelando aos alunos para … Continue reading “Comandante Cristina Alves distinguida pela ALUMNI da Escola Náutica”

Contornar o Cabo das Tormentas
O Cabo da Boa Esperança ou das Tormentas (Imagen de Robert Pastryk em Pixabay)

Contornar o Cabo das Tormentas Neste século XXI, nunca como agora, a economia portuguesa, em geral, e a Economia do LER ARTIGO

Cristóvão Santos recebe o prémio Confraria Marítima 2020
Cristóvão Santos na ponte do WORLD EXPLORER, durante uma escala no porto de Catania, ilha Sicília

Cristóvão Santos recebe o prémio Confraria Marítima 2020 Na ENIDH, a Confraria Marítima premiou o melhor aluno do curso de LER ARTIGO

Recordando o passeio no Barco Évora no dia 10 de junho de 2019

Conforme em tempo amplamente divulgado pela Direcção, a Confraria Marítima de Portugal realizou no passado dia 10 de Junho, Dia LER ARTIGO

“O Futuro de Portugal está no Mar” – 120 anos da Liga Naval Portuguesa

Na viragem do séc. XIX para o séc. XX viviam-se os anos da “paz armada” que conduziu a uma guerra LER ARTIGO

A Confraria Marítima de Portugal tem nova sede na ex-Fábrica Nacional de Cordoaria

Na sequência da decisão tomada na última Assembleia Geral, a direção Confraria Marítima de Portugal (CMP) firmou um protocolo de LER ARTIGO

O Mar
MSC MAGNIFICA no terminal de passageiros do Porto de Leixões (imagem APDL)

O Mar O mar como opção estratégica. Como opção estratégica porque o mar foi o nosso passado, mas é também LER ARTIGO

“O Futuro de Portugal está no Mar” – 120 anos da Liga Naval Portuguesa

Na viragem do séc. XIX para o séc. XX viviam-se os anos da “paz armada” que conduziu a uma guerra que transformou a Europa e o mundo num devastador campo de batalha durante cinco anos, num conflito que iria deixar mais de 20 milhões de mortos e fazer desaparecer quatro impérios no Velho Continente.

Recordando o passeio no Barco Évora no dia 10 de junho de 2019

Conforme em tempo amplamente divulgado pela Direcção, a Confraria Marítima de Portugal realizou no passado dia 10 de Junho, Dia LER ARTIGO

A Confraria Marítima de Portugal tem nova sede na ex-Fábrica Nacional de Cordoaria

Na sequência da decisão tomada na última Assembleia Geral, a direção Confraria Marítima de Portugal (CMP) firmou um protocolo de LER ARTIGO

Cristóvão Santos recebe o prémio Confraria Marítima 2020
Cristóvão Santos na ponte do WORLD EXPLORER, durante uma escala no porto de Catania, ilha Sicília

Cristóvão Santos recebe o prémio Confraria Marítima 2020 Na ENIDH, a Confraria Marítima premiou o melhor aluno do curso de LER ARTIGO

Contornar o Cabo das Tormentas
O Cabo da Boa Esperança ou das Tormentas (Imagen de Robert Pastryk em Pixabay)

Contornar o Cabo das Tormentas Neste século XXI, nunca como agora, a economia portuguesa, em geral, e a Economia do LER ARTIGO

Comandante Cristina Alves distinguida pela ALUMNI da Escola Náutica
Cristina Alves recebendo o prémio das mãos do Ministro do Mar

Comandante Cristina Alves distinguida pela ALUMNI da Escola Náutica A nossa confreira Cristina Alves foi distinguida com o prémio CARREIRA LER ARTIGO

O Mar
MSC MAGNIFICA no terminal de passageiros do Porto de Leixões (imagem APDL)

O Mar O mar como opção estratégica. Como opção estratégica porque o mar foi o nosso passado, mas é também LER ARTIGO

CMP AG 3 junho 2020

Assembleia Geral da Confraria Marítima de Portugal, 3 junho 2020

Nos termos do número 2 do artigo 5º dos Estatutos da Confraria Marítima de Portugal, que remete para os artigos 173º e 174º do Código Civil, convocam-se todos os Confrades da Confraria Marítima de Portugal para se reunirem em Assembleia Geral Ordinária, a realizar no dia 3 de junho de 2020, quarta-feira, pelas 18h00, no Museu de Marinha, na Sala do Serviço Educativo, com a seguinte Ordem de Trabalhos: 1º – Deliberar sobre o Relatório de Gestão e as Contas do Exercício findo em 31 de dezembro de 2019, apresentado pela Direção, bem como sobre o Relatório e Parecer do Conselho Fiscal. 2º – Apreciar e votar o Orçamento e Plano de Atividades para o exercício do ano 2020. 3º – Ratificar a decisão tomada na anterior A.G. para a nova designação Confraria Marítima de Portugal – Liga Naval Portuguesa (por lapso na anterior A.G. não houve assinatura da acta por todos os presentes) 4º – Apreciar outros assuntos de interesse para a Confraria Marítima de Portugal.   Dada a evolução incerta da pandemia aconselha-se que os Confrades que ainda não estejam confiantes a sair de casa apresentem uma procuração de representação com o teor do documento anexo.  Caso à hora marcada para o início dos trabalhos da Assembleia Geral não exista quórum suficiente, a Assembleia realizar-se-á meia hora mais tarde, com qualquer número de Confrades presentes.   Descarregue a Convocatória AQUI Descarregue a Procuração AQUI  

Liga Naval Portuguesa – Do “Ressurgimento Marítimo” ao “Ressurgimento Nacional”, entre Quatro Regimes (1900-1939)

  Prova académica: Doutoramento Candidato: Fernando Alberto Carvalho David e Silva   O júri das provas de doutoramento no ramo de História, na especialidade de História Contemporânea, nomeado por despacho do Diretor da Faculdade de Letras, é constituído por: Presidente: Prof. Doutor Hermenegildo Nuno Goinhas Fernandes, Professor Associado e Membro do Conselho Científico da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, Presidente do Júri por nomeação de competências; Vogais: Doutor João Carlos de Oliveira Moreira Freire, Professor Catedrático Aposentado e Professor Emérito do ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa; Doutor António José Barreiros Telo, Professor Catedrático da Academia Militar; Almirante Francisco António Torres Vidal Abreu, Presidente da Academia de Marinha, individualidade de reconhecida competência; Almirante António Manuel Fernandes da Silva Ribeiro, Professor Catedrático Convidado do Instituto de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa; Doutor António Adriano de Ascensão Pires Ventura, Professor Catedrático da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, orientador; Doutora Teresa Maria e Sousa Nunes, Professora Auxiliar da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.   Contatos: T: +351 217 967 624 | +351 210 113 400 E: reitoria@ulisboa.pt 

A Confraria Marítima de Portugal tem nova sede na ex-Fábrica Nacional de Cordoaria

Na sequência da decisão tomada na última Assembleia Geral, a direção Confraria Marítima de Portugal (CMP) firmou um protocolo de colaboração com a Marinha Portuguesa, para poder utilizar regularmente um espaço na ex-Fábrica Nacional de Cordoaria.

“O Futuro de Portugal está no Mar” – 120 anos da Liga Naval Portuguesa

Na viragem do séc. XIX para o séc. XX viviam-se os anos da “paz armada” que conduziu a uma guerra LER ARTIGO

Recordando o passeio no Barco Évora no dia 10 de junho de 2019

Conforme em tempo amplamente divulgado pela Direcção, a Confraria Marítima de Portugal realizou no passado dia 10 de Junho, Dia LER ARTIGO

Contornar o Cabo das Tormentas
O Cabo da Boa Esperança ou das Tormentas (Imagen de Robert Pastryk em Pixabay)

Contornar o Cabo das Tormentas Neste século XXI, nunca como agora, a economia portuguesa, em geral, e a Economia do LER ARTIGO

Cristóvão Santos recebe o prémio Confraria Marítima 2020
Cristóvão Santos na ponte do WORLD EXPLORER, durante uma escala no porto de Catania, ilha Sicília

Cristóvão Santos recebe o prémio Confraria Marítima 2020 Na ENIDH, a Confraria Marítima premiou o melhor aluno do curso de LER ARTIGO

Comandante Cristina Alves distinguida pela ALUMNI da Escola Náutica
Cristina Alves recebendo o prémio das mãos do Ministro do Mar

Comandante Cristina Alves distinguida pela ALUMNI da Escola Náutica A nossa confreira Cristina Alves foi distinguida com o prémio CARREIRA LER ARTIGO

O Mar
MSC MAGNIFICA no terminal de passageiros do Porto de Leixões (imagem APDL)

O Mar O mar como opção estratégica. Como opção estratégica porque o mar foi o nosso passado, mas é também LER ARTIGO

57º Encontro da Confraria Marítima de Portugal

No século XVIII, a Ribeira das Naus passou a ser designada “Arsenal Real da Marinha” quando as suas instalações foram construídas no mesmo local, no âmbito da reconstrução da Baixa de Lisboa, depois do terramoto de 1755. Nessa época, os Carpinteiros de Machado (classe profissional ligada à construção naval), devotos de São Roque, viram edificada a sua igreja, a Capela de São Roque, uma pequena pérola barroca que, ainda hoje, muito poucos conhecem. O primeiro lugar de culto a ser concluído na reconstrução de Lisboa. Em 1910, passou a designar-se “Arsenal da Marinha de Lisboa”. O Arsenal da Marinha de Lisboa foi desactivado em 1939, com a inauguração do Arsenal do Alfeite na margem Sul do Rio Tejo. A Ribeira das Naus, com as docas Seca e da Caldeirinha, constituíu o conjunto dos maiores estaleiros do Império Oceânico Português, servindo de modelo aos restantes que se foram construindo além-mar, nomeadamente às ribeiras de Goa e de Cochim. O seu antigo local – cujo acesso ao rio Tejo foi cortado com a construção da Avenida Ribeira das Naus – faz hoje parte das Instalações da Administração Central da Marinha.   Uma deliciosa visita guiada pelo Comandante José Rocha e Abreu.   Traje: passeio (gravata opcional) Valor da participação: 15 € Número máximo de inscritos: 45 Inscrições: mmarques@lbranco.pt data limite das inscrições: 30 de agosto