As superestruturas do LAURA S durante uma escala no porto da Graciosa em julho de 2017 (imagem MM Betencourt)

A Marinha Mercante Nacional

30-06-2021 A Marinha Mercante Nacional Este singelo “depoimento” é, naturalmente, subjectivo, mas traduz o sentimento fruto de muitos anos de formação, experiência e sobretudo vivência no que o título documenta, e que parafraseando o Comandante da Armada António Pereira de Matos, que foi o grande impulsionador e timoneiro da Liga Naval Portuguesa, que a nossa Confraria Marítima em boa hora integrou, leva a afirmar que, a Marinha Mercante Portuguesa, chegou ao “zero absoluto”. Vem o título, propositadamente e a propósito, enfatizar a razão da designação Nacional, tão ao gosto do Estado Novo, em que não só no Estado, mas também nos empreendedores privados, se perseguia uma ideologia nacional, a qual recorrentemente incluía o adjectivo na sua própria designação comercial (Companhia Nacional de Navegação, Fábrica Nacional de Cordoaria, Fábrica Nacional de Sabões, Bolachas Nacional, etc.) e que tinha como objectivo estimular o caracter da produção e consumo a um todo território unido sob as mesmas Língua, História e Bandeira, e que se pretendia ser uno e continuado e indivisível. Foi assim que o ressurgimento da Marinha Mercante Nacional foi feito, maioritariamente pelo Estado, mas com a grande e imprescindível participação dos privados que a ela estavam ligados. E isto porque a Marinha Mercante foi reerguida estrutural e economicamente para uma realidade Nacional que compreendia muito bem o Portugal Continental, Insular e Ultramarino e compreendia muito mal a competitividade e o mercado do transporte marítimo internacional. Deveremos ser justos com algumas empresas que, com maior alcance e alicerçadas nos grupos que integravam, como foi o caso do armador Sociedade Geral, integrante do mundo CUF – Companhia União Fabril, já nos idos anos 50 e 60 do século XX estabeleciam carreiras internacionais, escalando regularmente portos do Norte da Europa e Estados Unidos, não só para descarga de produtos ultramarinos, carreira que nunca menosprezaram, … Continue reading “A Marinha Mercante Nacional”

“Portugal é um País de Marinheiros”

“Portugal é um País de Marinheiros” “Portugal é um País de Marinheiros” é uma afirmação muito usada e ouvida no LER ARTIGO

Um país marítimo que não aproveita o mar

Um país marítimo que não aproveita o mar O mar é vital para os seres humanos e para o planeta LER ARTIGO

O Mar no Plano de Recuperação e Resiliência
O Mar no Plano de Recuperação e Resiliência

O Mar no Plano de Recuperação e Resiliência Eu vou tomar como adquirido que o leitor está convencido que Portugal LER ARTIGO

Cadetes do Mar de Portugal

Cadetes do Mar de Portugal Todos estamos a viver em Portugal um momento decisivo da nossa História de quase 900 LER ARTIGO

Portugal e o Mar
Barra do Porto da Ilha de Porto Santo (imagem João Gonçalves)

Portugal e o Mar Metade da fronteira portuguesa é marítima, num contexto em que o Mar ocupa cerca de 71% LER ARTIGO

O Mar
MSC MAGNIFICA no terminal de passageiros do Porto de Leixões (imagem APDL)

O Mar O mar como opção estratégica. Como opção estratégica porque o mar foi o nosso passado, mas é também LER ARTIGO

“O Futuro de Portugal está no Mar” – 120 anos da Liga Naval Portuguesa

Na viragem do séc. XIX para o séc. XX viviam-se os anos da “paz armada” que conduziu a uma guerra que transformou a Europa e o mundo num devastador campo de batalha durante cinco anos, num conflito que iria deixar mais de 20 milhões de mortos e fazer desaparecer quatro impérios no Velho Continente.

Recordando o passeio no Barco Évora no dia 10 de junho de 2019

Conforme em tempo amplamente divulgado pela Direcção, a Confraria Marítima de Portugal realizou no passado dia 10 de Junho, Dia LER ARTIGO

Contornar o Cabo das Tormentas
O Cabo da Boa Esperança ou das Tormentas (Imagen de Robert Pastryk em Pixabay)

Contornar o Cabo das Tormentas Neste século XXI, nunca como agora, a economia portuguesa, em geral, e a Economia do LER ARTIGO

O Mar
MSC MAGNIFICA no terminal de passageiros do Porto de Leixões (imagem APDL)

O Mar O mar como opção estratégica. Como opção estratégica porque o mar foi o nosso passado, mas é também LER ARTIGO

Cadetes do Mar de Portugal

Cadetes do Mar de Portugal Todos estamos a viver em Portugal um momento decisivo da nossa História de quase 900 LER ARTIGO

Portugal e o Mar
Barra do Porto da Ilha de Porto Santo (imagem João Gonçalves)

Portugal e o Mar Metade da fronteira portuguesa é marítima, num contexto em que o Mar ocupa cerca de 71% LER ARTIGO

Aniversário dos 450 anos da Batalha de Lepanto evocado pela Confradía Europea de la Vela
Pormenor do quadro A batalha de Lepanto, autor desconhecido 159 (National Maritime Museum, Greenwich)

Aniversário dos 450 anos da Batalha de Lepanto evocado pela Confradía Europea de la Vela A conferência online, reuniu quase LER ARTIGO